Em busca dos Mistérios do Mundo Antigo - Incríveis Revelações Arqueológicas - A história Proibida da raça humana - A verdade que não te contaram - Os Gigantes da Antiguidade - Kadumago antigo narrador de Mistérios da Antiguidade - Siga este blog - Se inscreva no canal - Siga a página no facebook - Ajude o trabalho crescer - A verdade que não te contaram - Os Gigantes da Antiguidade - O Continente Perdido de Mu - Os Gigantes Ruivos da América - Deuses do Egito - Os Gigantes Construtores Antediluvianos - Kadumago antigo narrador de Mistérios da Antiguidade - Siga este blog -Se inscreva no canal - Siga a página no facebook - Ajude o trabalho crescer - Dinossauros - um passado não tão distante de nós - Os imponentes megálitos de Baalbek - A História Perdida da Terra - Mundos Antediluvianos

Páginas

Um tesouro de mais de 1.000 toneladas enterrado na aldeia de Daundia Khera na Índia

 

Durante gerações, aldeões disseram haver um enorme tesouro enterrado sob seus pés. Agora o governo indiano está escavando para tentar encontra-lo.

Quando menino, Ram Sagar ouvia lendas sobre riquezas incalculáveis ​​que supostamente se encontravam sob o mesmo chão que agora ele estava limpando com uma pá. As histórias diziam que havia uma enorme quantidade de ouro, os tesouros perdidos de um rei que se levantara contra os governantes britânicos e que fora enforcado por sua dissidência.


Eram apenas histórias, é claro, relatos brilhantes e fantásticos que passavam de geração em geração. Ninguém realmente sabia. Mas arqueólogos do governo indiano devem começar a escavar o local e começar a procurar por um líder religioso que disse que ele tinha certeza de que 1.000 toneladas de ouro que foram enterradas ali. Um ministro subsequentemente ordenou uma pesquisa geológica - o que sugeriu que pode realmente haver metal sob o solo. A notícia do improvável esforço despertou um interesse febril entre os moradores, que todos os anos visitam o memorial do rei no aniversário de sua execução para oferecer seu respeito. Eles já estão exigindo que 20 por cento do que quer que seja encontrado seja gasto para desenvolver a área - escolas, uma faculdade e uma clínica. Todos estão certos de que a previsão do guru se mostrará verdadeira.

"Eu ouvi histórias quando criança", disse Sagar, contratado para limpar o terreno antes das escavações. "Estamos esperançosos."A caçada de ouro inspirada pelos homens-deus está ocorrendo na aldeia de Daundia Khera, em Uttar Pradesh. Ali, entre o canto dos pássaros nas margens do rio Ganges, estão os restos de um forte construído por Rao Ram Baksh Singh, um governante local que participou da revolução de 1857 contra os britânicos.

Quando a revolução falhou, Singh foi capturado e enforcado em uma grande árvore. Ao lado das ruínas do forte, há um templo hindu dedicado a deusa Shiva. O chefe da aldeia, Ajay Pal Singh, disse que sempre houve especulações de que o ouro está enterrado ali. 


Outros aldeões disseram que as pessoas ocasionalmente encontravam moedas perto do forte, mas que geralmente traziam má sorte ao descobridor. A maioria das pessoas ficam longe por crerem nisso.



Mas no mês passado, foi divulgado que Swami Shobhan Sarkar, um líder hindu local, estabeleceu vários ashrams, ou retiros, teve um sonho em que o rei tinha sido morto, foi até ele e pediu-lhe para recuperar o ouro.

O patrão aparentemente estava preocupado com os relatórios sobre a economia indecisa da Índia e a queda da rupia. Ele disse que pode haver até 1.000 toneladas de ouro nas proximidades do local, o que o governo poderia usar para aumentar suas reservas de ouro e ajudar a reduzir seu déficit em conta.

"As pessoas tratam o swami como um deus", disse Ajay Singh, o chefe. "Eu tenho 100% de certeza.," disse ele.




A escavação iminente, realizada pelo Levantamento Arqueológico da Índia (ASI), uma agência governamental criada em 1861, oque transformou a vila normalmente pacífica de Daundia Khera em algo como uma colmeia. As pessoas estão se reunindo para ver o forte e os canais de televisão locais se reuniram em antecipação ao início da escavação,

onde a muito tempo foi enterrado o rei Rao Ram Baksh Singh. Não há registro do que aconteceu com seu corpo após sua execução em 28 de dezembro de 1857, mas em 1992 as autoridades construíram um memorial próximo ao local onde ele foi enforcado. Relatórios sugerem que, nos últimos dias, as pessoas que alegam ser descendentes do rei chegaram à aldeia, esperando por uma parte do tesouro. No entanto, os moradores dizem que o rei tinha apenas duas filhas que cometeram suicídio depois de sua morte e não deixou herdeiros.

Além da excitação, o empreendimento levou alguns a pausar e refletir sobre a própria natureza da Índia moderna. Por que o governo supostamente secular, liderado pelo Partido congressista, está gastando dinheiro público para lançar uma caça ao tesouro apoiado na declaração de um vidente?


Parece que o governo entrou em ação com velocidade surpreendente a pedido de Charan Das Mahant, um ministro júnior do Ministério das Indústrias de Processamento de Alimentos, que havia recebido notícias da visão do afilhado por meio de um conhecido chamado, swami.


O Sr. Mahant aparentemente foi tomado pela previsão do Sr. Sarkar de que ele o visitou duas vezes. Ele então pediu que um relatório fosse conduzido no local pelo Serviço Geológico da Índia (GSI), outra agência do governo. Por sua vez, o ASI foi solicitado a escavar.

O Dr. BR Mani, um alto funcionário da ASI, disse que o trabalho deve começar breve e que a equipe estava interessada em escavar o local histórico e que foi orientada a fazê-lo depois que o GSI realizou uma investigação preliminar e descobriu que havia "algo" ali. "Nós não somos caçadores de tesouros", insistiu ele.

Uma inspeção do local detectou que uma "zona proeminente não-magnética ... ocorre a 5-20 metros de profundidade [e há] indicação de que pode haver ouro, prata e/ou alguma liga". Então foi recomendado investigações adicionais por meio de uma escavação.

Alguns especularam que qualquer ouro no local pode estar associado ao templo hindu vizinho, e não ao forte. Muitos templos em toda a Índia têm enormes tesouros dados pelos devotos. Acredita-se que um templo em Kerala possua 14 bilhões de libras de ouro e que o governo tenha entrado em contato com vários templos solicitando detalhes de suas reservas.

Uma viagem a índia


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações

Siga-me nas redes Sociais

Sobre mim

Minha foto
Sou historiador, artista conceitual, escritor e compositor. Um homem apaixonado pelo conhecimento que se sente feliz em poder propaga-lo através de criações artísticas e audiovisuais.

Siga meu blog

Meus outros blogs

Índice das Postagens

Meu canal

Postagem mais recente

As Amazonas do Cáucaso

 Créditos da imagem    Boris Vallejo (Valeggio) "A existência das amazonas não me parecia mais uma fábula depois de eu ter...

Conheça meu Livro

Adquira a sua

Conheça minhas estampas

The Giant's Well Standard T-Shirt Front

Conheça minhas estampas

Postagens mais visitadas

Conheça minhas estampas

Conheça minhas estampas

Atlântida reino dos gigantes

Baixe o livro de graça
kadumago. Tecnologia do Blogger.

Política de Privacidade

Termos e Serviço

Denunciar abuso