Em busca dos Mistérios do Mundo Antigo - Incríveis Revelações Arqueológicas - A história Proibida da raça humana - A verdade que não te contaram - Os Gigantes da Antiguidade - Kadumago antigo narrador de Mistérios da Antiguidade - Siga este blog - Se inscreva no canal - Siga a página no facebook - Ajude o trabalho crescer - A verdade que não te contaram - Os Gigantes da Antiguidade - O Continente Perdido de Mu - Os Gigantes Ruivos da América - Deuses do Egito - Os Gigantes Construtores Antediluvianos - Kadumago antigo narrador de Mistérios da Antiguidade - Siga este blog -Se inscreva no canal - Siga a página no facebook - Ajude o trabalho crescer - Dinossauros - um passado não tão distante de nós - Os imponentes megálitos de Baalbek - A História Perdida da Terra - Mundos Antediluvianos

Páginas

Civilizações Perdidas do Brasil Pré-Histórico

Caverna de Los Tayos - Amazônia Equatorial

O Brasil é o maior país da América do Sul, e o maior país com o idioma na língua portuguesa do mundo (língua de origem latina). faz fronteira com o Chile e o Equador. Tem uma enorme floresta tropical na sua Bacia Amazônica, abriga uma infinita diversidade de vida selvagem com população inestimável. Quando os europeus chegaram à América  Central e ao Peru, eles encontraram civilizações avançadas, mas no Brasil, (segundo ensina a história tradicional) "só viviam nativos primitivos e sem tecnologia" ligados inteiramente a natureza.

Nos últimos anos, no entanto, pesquisadores tem descoberto que esse país enorme teve um fascinante passado. A selva amazônica é muito densa, mas, em áreas limpas, na fronteira com o norte da  Bolívia, há vestígios de civilizações perdidas, e apenas uma parte disso foi descoberto. A população foi estimada em 60.000 habitantes na época de suas construções. Nesta região haviam estruturas formadas por  uma rede de trincheiras, com cerca de 36 pés de largura e vários pés de profundidade, alinhadas por bancos baixos de terra. Algumas foram cercadas por estruturas baixas que continham cerâmicas e mais de duzentas ferramentas de pedra.


                                                                       Foto créditos Englesh Heritage 

Na foto acima vemos uma simulação com a montagem de como ficaria Stonehenge encaixado nos Geo-glifos Brasileiros 

Também foram descobertas estruturas geométricas que datam de pelo menos  1.700 anos.  São círculos e quadrados enormes chamado Geo-glifos. Na  região superior do Xingu no sul do Brasil, haviam comunidades com milhares de pessoas que formavam grandes aldeias, em um padrão organizado em grade, ligado por uma rede de estradas. As aldeias foram fechadas dentro grandes valas e haviam pontes e fossas em áreas de zonas úmidas.

O professor Homet diz ...

"Há toda uma cadeia de urnas de enterro que chega do Mediterrâneo através do Brasil e Na  Argentina, esses caixões de cerâmica são muitas vezes decoradas com rostos humanos e,  portanto, são chamadas: urnas de enterro de retrato.

Homet conclui dizendo ...

"Quando se considera uma cadeia de lugares onde eles são encontrados, e de como se conectam aos continentes, somos obrigados a aceitar que estes costumes só poderiam ter sido difundidos por uma  única civilização, e esta é claro, muito avançada".

Na ilha costeira de Santa Caterina, na província brasileira do mesmo nome, existem desenhos nas rochas que consistem de círculos concêntricos de anéis duplos, linhas onduladas em forma de diamante que aparecem na arte da Idade da Pedra do outro lado no Atlântico. Haviam círculos de pedra em muitas partes do mundo com a maior concentração nas Ilhas britânicas. Alguns foram encontradas na América do Norte, Peru e na Ilha de Páscoa. Muitos dos primeiros locais foram alinhados aos solstícios quando os rituais religiosos parecem ter sido promulgados. Stonehenge, o círculo famoso de 5.000 anos da Inglaterra, por exemplo, está alinhado aos solstícios de verão e inverno. Em uma colina, no  estado brasileiro de Amapá por exemplo, há um círculo de pedra, composto por 127 pedras ásperas, alinhadas ao solstício de inverno. Acredita-se que tenha pelo menos 2.000 anos de idade. A maioria dos brasileiros desconhecem seu passado ancestral.

Os arqueólogos brasileiros encontraram uma estrutura de pedra antiga bem definida no topo de uma colina na Amazônia. Especificamente, esta incrível descoberta está localizada no estado do Amapá, no norte da Amazônia brasileira. Poderiam os índios primitivos que moravam nas selvas Amazônicas terem tido condições e tecnologia para construírem estas estruturas?

Há também dólmens e enormes blocos de pedra, geralmente apoiados por três ou mais pedras verticais, que também foram encontrados em muitas outras partes do mundo, incluindo na Nova Inglaterra na América do Norte. No estado brasileiro do Rio Grande do Sul, também existem dólmens semelhantes aos do início da Europa e incríveis Trilithons no estado do Rio Grande do Sul no Brasil. Homet, diz que os megálitos que viu no Brasil são comparáveis ​​aos milhares existentes na Argélia.

Lawrence Griswold/Créditos

Vários viajantes das áreas de selva no Brasil, relataram avistamentos de índios brancos com  cabelos vermelhos. Harold T. Wilkins, conhecido por sua pesquisa na América do Sul,  informou que, em 1929, o viajante americano Lawrence Griswold foi capturado por índios  Shuara que o levaram para o Rio Juara, (no períodos da festa da caça), às ruínas de uma  cidade antiga, construída em um lugar alto. Segundo algumas lendas antigas, essas pessoas teriam passado a fazer parte desta tribo em passado muito distante, devido "ao comportamento perverso antes do dilúvio".

Há também traços de cabelos ruivos em pessoas no Peru e em outros locais como os famosos si-te-cah das lendas dos nativos Americanos, com estas mesmas descrições físicas. Isto sugere que este tipo singular de seres humanos, estariam vivendo em outras partes do mundo, o que de fato é uma ligação surpreendente! Essas pessoas eram altas, brancas e de cabelos vermelhos. Este tipo fisionômico pode ter formado grande parte da população guanche pré-espanhola das Ilhas Canárias, que alegam ser sobreviventes do dilúvio. Várias lendas antigas dizem que as pessoas desta descrição foram envolvidas em um conflito violento na era ante-diluviana. Isso também é descrito em um famoso e mal interpretado documento egípcio que contém algumas de suas lendas antigas.

Saraiva


Os índios Guaranis no Brasil, no Uruguai e no Paraguai, afirmam que seus antepassados ​​ vieram de um país distante e que atravessaram um oceano antes de chegarem às suas terras atuais. Há centenas de lendas de inundações alegóricas em todo o mundo, chegam a mais de trezentas, inclusive entre indígenas Americanos, e uma delas que por sinal, é bem popular entre os brasileiros nativos, fala de um  grande inundação em que apenas dois irmãos e suas esposas sobreviveram. Há evidências de que no passado dessas civilizações, de fato houve uma grande inundação, o que cronologicamente falando teria acontecido a mais ou menos seis a sete mil, quando houve mudanças climáticas, e grandes inundações em diferentes partes do mundo. Nessa época surgiram várias civilizações desenvolvidas e as indicações são de que este foi o renascimento dessas civilizações após a destruição da idade anterior, indicando que há de fato um conhecimento que foi perdido depois do dilúvio, o que leva-nos sempre aos grandes enigmas como Atlântida e tantos outros. Ao longo da costa  sul do Brasil por exemplo, principalmente no estado de Santa Catarina, arqueólogos descobriram cerca de  1.000 pirâmides quadradas, construídas a partir de conchas do mar, conhecidas como Sambaquis, e as primeiras datam aproximadamente de cinto a sete mil anos de idade. Em alguns deles haviam esqueletos humanos e artefatos incríveis, incluindo placas de peito de conchas que descrevem vários animais e pássaros. Ninguém sabe quem eram essas  pessoas ou de onde elas vieram.

Os escribas sumérios escreveram em seus registros sobre "seres que desceram dos céus" os quais teriam causado o grande o dilúvio por causa do mal comportamento do homem. Ha muitas lendas antigas espalhadas pelo mundo que falam histórias similares. Adaptado à cultura local, essa tendência continuou por muito tempo, até os presentes incluindo os índios guaranis no Brasil. Os guaranis adotaram esta cultura de civilizações antigas muito anteriores a eles, e pode ser que esta lenda de fato tivesse sido espalhada e ramificada entre as gerações posteriores a este grande cataclismo. Círculos de  pedra, dólmens e a raça branca de cabelos ruivos de ambos os lados do Atlântico, são com certeza as evidências de contato inicial entre o Velho e o Novo Mundo, seriam de fato o elo perdido da humanidade.

By: Kadumago

Referências e pesquisas:

Marcel.F. Homet: 'Filhos do Sol/Harold.T.Wilkins:Mistérios da América do Sul/Leonard Farra:The Pleiades /O Velho Mundo/The Old World and The Pleiades/The New World /A Idade da Pedra/O Retorno dos Deuses e o Legado das Penas.

A Cueva de Los Tayos e os Gigantes da Amazônia


2 comentários:

  1. Tanto seu canal no Youtube, quanto este seu site: são muito bons.

    E que está afirmando isso, é quem vem fazendo as maiores DESCOBERTAS CIENTÍFICAS da atualidade, dentre as quais destaco:

    O que chamam erradamente de UNIVERSO MATERIAL:

    MACRO CORPO ENERGÉTICO ATÔMICO PROJETADO é; interligado não por primitivos sistemas de fios e sim através de PULSOS ELETROMAGNÉTICOS ENERGIZADORES EMITIDOS, infinitamente mais avançados do que se conhece: como WI-FI.

    O que chamam erradamente de SISTEMA SOLAR: MACRO MODELO ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR, é:

    O que chamam erradamente de SOL: DISTRIBUIDOR ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR, é:

    E o que chamam erradamente de LUA: ESTABILIZADOR ENERGÉTICO ATÔMICO PROJETADO DO NOSSO PLANETA: é.

    Tanto é, que ESTABILIZA a ROTAÇÃO e CICLOS DAS MARÉS: do nosso PLANETA.

    Já fiz centenas de outras DESCOBERTAS CIENTÍFICAS:

    ERAS DE PREDOMINÂNCIAS ELEMENTARES:
    TRANSIÇÕES DAS MESMAS:
    VERDADEIRA CAUSA DO AQUECIMENTO GLOBAL:
    VERDADEIRO FORMATO DO MACRO MODELO ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR:
    VERDADEIRO FORMATO DO MICRO MODELO ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR:
    VERDADEIRO FORMATO DE NOSSA GALÁXIA:
    VERDADEIRO FORMATO DO QUE CHAMAM ERRADAMENTE DE UNIVERSO:
    O QUE É BURACO NEGRO:
    O QUE É BURACO DE MINHOCA:
    MICRO E MACRO DESPROJEÇÃO E REPROJEÇÃO ELEMENTAR ORBITAL ATÔMICA:
    O QUE DE FACTO FOI O DILÚVIO:
    ÁRVORE DA VIDA:
    ÁRVORE DO CONHECIMENTO DO BEM E DO MAL:
    ONDE ENCONTRA-SE O JARDIM DO ÉDEN:
    DOIS ELOS QUE SE ENCONTRAVAM PERDIDOS:
    QUEM DE FACTO SOMOS NÓS:
    E QUEM DE FACTO TUDO DE BOM: VERDADEIRAMENTE CRIOU.

    Acessa meu blogger DESCOBERTAS CIENTÍFICAS AVANÇADAS, e dizes o que tu achastes.

    ResponderExcluir
  2. Olá meu amigo, fico imensamente grato e honrado por sua visita! Sim, farei uma visita ao seu blog sim com prazer! Peço desculpas na demora da resposta de seu comentário, é que ando muito atarefado e sem tempo. Mas sempre respondo a todos! Um grande abraço e volte sempre!

    ResponderExcluir

Índice das Postagens

Total de visualizações

Sima-me

Sobre mim

Minha foto
Sou um homem amante do conhecimento portanto gosto de propaga-lo através de minhas criações artísticas e audiovisuais. Sou historiador, artista conceitual, escritor e compositor.

Se inscreva em meu canal

Siga meu blog

Postagem mais recente

Os indícios de civilizações antigas nas Américas

Petróglifos em Santa Catarina na Ilha do Campeche - foto cortesia do TripAdvisor A teoria de que os Vikings estiveram em Santa Catari...

Conheça meu Livro

Adquira a sua

Conheça minhas estampas


Conheça minhas estampas

Postagens mais visitadas

Atlântida reino dos gigantes

Baixe o livro de graça
kadumago. Tecnologia do Blogger.

Política de Privacidade

Termos e Serviço

Denunciar abuso