Em busca dos Mistérios do Mundo Antigo - Incríveis Revelações Arqueológicas - A história Proibida da raça humana - A verdade que não te contaram - Os Gigantes da Antiguidade - Kadumago antigo narrador de Mistérios da Antiguidade - Siga este blog - Se inscreva no canal - Siga a página no facebook - Ajude o trabalho crescer - A verdade que não te contaram - Os Gigantes da Antiguidade - O Continente Perdido de Mu - Os Gigantes Ruivos da América - Deuses do Egito - Os Gigantes Construtores Antediluvianos - Kadumago antigo narrador de Mistérios da Antiguidade - Siga este blog -Se inscreva no canal - Siga a página no facebook - Ajude o trabalho crescer - Dinossauros - um passado não tão distante de nós - Os imponentes megálitos de Baalbek - A História Perdida da Terra - Mundos Antediluvianos

Páginas

Os Misteriosos Megálitos do Monte Vottovaara


Foto créditos: Богословская Людмила [CC BY-SA 4.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0)]

Vottovaara é uma misteriosa montanha na Carélia, Europa Oriental. Tem mais de 400 metros de altura. O mistério em torno desta área montanhosa são as estruturas incríveis encontradas lá, que parecem ter sido feitas por uma antiga civilização que misteriosamente desapareceu. No local existem cerca de 1500 rochas empilhadas em formações incomuns. Algumas claramente não naturais, enquanto outras podem ter sido feitas pela natureza. Há uma estrutura em forma de penhasco e outras com caixas de pedra, lembrando sarcófagos. Também existem pedras com ângulos incrivelmente redondos.

Foto créditos: Photo credit: paranormal-news.ru
Curiosamente Vottovaara também apresenta uma formação semelhante a uma escada. Alguns dizem que um terremoto poderia ter feito isso em tempos antigos. O sítio é datado de eras pré-históricas. Assim como uma estrutura que parece a "rampa de um templo" ou assentos de algo como um anfiteatro Grego. Alguns blocos mostram que foram precisamente cortados, enquanto outros têm uma forma mais natural e irregular. Algumas das rochas são enormes, como as de Baalbek. Existem também misteriosos espaços subterrâneos, na maior parte das vezes cheios de água. Por outro lado, o sítio está cheio de antigos objetos sagrados de construções megalíticas. É comumente assumido que foram criados pelos ancestrais do povo Sami, grupo étnico nativo da Lapónia, partes das regiões setentrionais da Noruega, Suécia, Finlândia e da península de Kola e Rússia. Habitam zonas serranas, florestais, costeiras, geladas e fiordes noruegueses.
Foto créditos: Photo credit: paranormal-news.ru
Foto créditos: Photo credit: paranormal-news.ru
Se olharmos para o sítio de Vottovaara à distância, algo mais vem à mente. Como em Puma Punku, parece que houve uma iminente destruição em grande escala no local. Algumas pedras permaneceram em sua posição original, outras parecem ter sido completamente destruídas. Parece que um terremoto de grandes proporções aconteceu ali. Os indícios levam a crer que realmente pode ter havido uma civilização que foi destruída por um grande cataclismo. Muitas das construções megalíticas espalhadas pelo mundo tem essas características, e uma grande parte dos cientistas hoje já começam a acreditar em um dilúvio global.

Existem outras construções semelhantes em Carélia. Ao que tudo indica, o número de habitantes destas regiões foi enorme. Isso nos mostra que não temos ideia da real população do  maundo de tempos antigos. Eles provavelmente tinham acesso a conhecimentos que não temos hoje e estes foram totalmente perdidos. Na mitologia de diferentes regiões há  histórias que falam sobre a "Montanha do Mundo". Alguns a chamam de "Europa". Em uma mitologia egípcia é dito que "o mundo emergiu do oceano da montanha do caos". Então o criador, (deus sol - Rá ) apareceu. Assim fênix iniciou o  tempo na filosofia dos ciclos antigos, a caminhada pela montanha do mundo, o "centro do universo", a estrela do norte, a morada dos deuses. Onde seria esta montanha do mundo dita nesta mitologia? Ninguém tem certeza, mas em muitos outros textos é chamada "Europa". Uma coisa é certa, a montanha de Vottovaara está localizada no norte. Nestes textos antigos a lendária montanha não seria o polo norte mas sim uma coroa do mundo, uma enigmática montanha, brilhando ao sol, cercada pela parte norte da Terra.

Um dos lugares mais misteriosos da Terra

Vottovaara situa-se na colina oeste de Carélia e tem seu pico principal a 417 metros acima do nível do mar. O monte Vottovaara  é um complexo de estruturas de pedra antigas conhecidas como seids.  O tamanho do complexo é muito maior do que todo a população da Europa e Escandinávia juntas. O que os pesquisadores  tem encontrado nos cantos remotos dos sítios da taiga careliana, não se encaixa no sistema de representações lógicas do homem moderno.  No local do Monte Vottovaara de Carélia pessoas supersticiosas consideram o lugar foco das forças do mal e a ponte para outro mundo. Eles dizem que ali crescem árvores feias, quase não há fauna, havendo apenas lagos mortos. Apelidado pelos habitantes de Death Mountain. (montanha da morte).

Foto créditos: Photo credit: paranormal-news.ru
Foto créditos: Photo credit: paranormal-news.ru
A montanha Vottovaara é o ponto mais alto das terras altas da Carélia Ocidental, a vila mais próxima fica a 30 km de distância. Há teorias que dizem que a cerca de 9 mil anos no local onde se encontra Vottovaara, houve um grande terremoto, que resultou em uma gigantesca destruição. No centro da montanha havia um anfiteatro natural, pontilhado por pequenos lagos e penhascos. Cientistas carelianos acreditam que Vottovaara seja um monumento geológico único. Nos últimos anos, a "montanha da morte" se tornou um local de peregrinação para seguidores de diferentes tendências místicas, alegando ser ali "um foco das forças do mal e a ponte para o outro mundo". O lado da montanha é uma enorme pedra coberta de musgos. Há também pinheiros intercalados com madeireiras antigas, que podem ser vestígios de incêndios florestais.  Os pinheiros tem idades entre 100 e 200 anos, e não chegam a dois metros.

Quem, quando, como e porque essas pedras foram colocadas ali?  Geólogos perfuraram nos arredores do sítio e recolheram amostras do solo. A análise mostrou uma poderosa camada de fósforo formada por um período limitado de tempo. Uma versão da "anomalia do fosfato" . Sacrifícios constantes resultou em um acúmulo de ossos de animais no local, formando um grande depósito. Talvez o próprio nome "montanha da morte" esteja associado a muitos desses sacrifícios. Normalmente esse tipo de cultura juntamente com os objetos encontrados pertencem ao povo Sami. O arqueólogo careliano Mark Shakhnovich diz que o cenário na "montanha da morte", aparentemente é muito mais antigo do que outros complexos megalíticos construídos na costa européia da Espanha à Noruega, na era do bronze. Há muita especulação e teorias a respeito da montanha. Uma delas diz que sua construção é creditada a "tribos do norte", os lendários "hiperbóreos". Esta seria uma suposta civilização pertencente a mítica Hiperbórea acreditada por adeptos da teosofia, seguidores da madame Blavatsky.


Entre os muitos mistérios que cercam o local, os cientistas fizeram uma das descobertas mais intrigantes; um lugar que foi apelidado por um desconhecido de: "Stairway to Heaven" (uma escada para o céu) como a música do Led Zepelim. É uma forma esculpida na rocha, terminando em um profundo e medonho precipício. Arqueólogos dizem que as tribos locais que habitam a região hoje  não existiam em tempos antigos. Assim a questão da origem dos estágios cronológicos da região permanece sem respostas. Por fim temos relatos bizarros e histórias de pessoas que visitaram o local e espantadas dizem que "a montanha causou anomalias em seus aparelhos eletrônicos, e até em seus corpos". Expedições dizem que a memória de suas câmeras digitais "ficaram cheias sem ter havido nenhum uso", e supostamente pesquisadores começaram a "ter hemorragias nasais".

Dentre tantos mistérios arqueológicos ao redor do mundo, a montanha de Vottovaara se mostra como mais um entre esses antigos e inquietantes segredos. Segredos estes que escondem os mistérios de um tempo em que nós sequer imaginamos. No momento só temos teorias e suposições para preencher as lacunas do que um dia foi o passado misterioso da terra, em especial deste lugar sombrio chamado de, Vottovaara. 

2 comentários:

  1. Muito interessante . Me fez lembrar a escada que Jacó viu no sonho , por onde anjos subiam e desciam , revelando um portal dimensional naquele lugar. Isto está relatado no livro de Genesis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eu conheço, boa comparação, com a diferença que Vottovaara nos remete a uma "sensação medonha" por seu nome, história, característica e paisagem! Obrigado por sua visita no blog, seja sempre bem-vindo!

      Excluir

Todos os direitos resrvados

Safe Creative #1810242907925

Índice das Postagens

Total de visualizações

Sima-me

Sobre mim

Minha foto
Sou historiador, artista conceitual, escritor e compositor. Um homem apaixonado pelo conhecimento que se sente feliz em poder propaga-lo através de criações artísticas e audiovisuais.

Se inscreva em meu canal

Siga meu blog

Postagem mais recente

A civilização dos Messênios

Photo by john antoni - CC BY-SA 2.0 Glorificados pelos Gregos modernos e exaltados nos épicos contos de Homero, os messênios sempr...

Conheça meu Livro

Adquira a sua

Conheça minhas estampas

The Giant's Well Standard T-Shirt Front

Conheça minhas estampas

Postagens mais visitadas

Conheça minhas estampas

Conheça minhas estampas

Atlântida reino dos gigantes

Baixe o livro de graça
kadumago. Tecnologia do Blogger.

Política de Privacidade

Termos e Serviço

Denunciar abuso