Em busca dos Mistérios do Mundo Antigo - Incríveis Revelações Arqueológicas - A história Proibida da raça humana - A verdade que não te contaram - Os Gigantes da Antiguidade - Kadumago antigo narrador de Mistérios da Antiguidade - Siga este blog - Se inscreva no canal - Siga a página no facebook - Ajude o trabalho crescer - A verdade que não te contaram - Os Gigantes da Antiguidade - O Continente Perdido de Mu - Os Gigantes Ruivos da América - Deuses do Egito - Os Gigantes Construtores Antediluvianos - Kadumago antigo narrador de Mistérios da Antiguidade - Siga este blog -Se inscreva no canal - Siga a página no facebook - Ajude o trabalho crescer - Dinossauros - um passado não tão distante de nós - Os imponentes megálitos de Baalbek - A História Perdida da Terra - Mundos Antediluvianos

Páginas

Em que dia Jesus realmente nasceu? É errado comemorar o natal?

Créditos da imagem
Tudo teve início no ano 525 d.c. Ao determinar que o nascimento de Jesus seria em 25 de dezembro do ano de 754, logo depois da fundação do império romano, Dionísio cometeu um erro de cálculo de pelo menos cinco anos em sua datação. Porém ao analisarmos relatos Bíblicos conseguimos chegar num ano mais preciso onde supostamente Cristo teria nascido.

O livro de Mateus, nos informa que Cristo nasceu no reinado de Herodes, o qual morreu em 4.a.C., muito provavelmente em abril ou maio. Acontecimento este que deve ter sido antes da comemoração da páscoa do povo judeu, o que foi antecedido por um eclipse lunar. Segundo registros históricos, o único eclipse ocorrido nesta era possível de ter sido visto da cidade de Jericó, foi um que aconteceu na parte da noite, em 12 ou 13 de março a.C. A morte de Herodes aconteceu posteriormente a este eclipse.

Um ponto de referência muito importante que tem auxiliado historiadores na busca por respostas referente ao nascimento de Cristo foi massacre dos recém nascidos, conhecido como: massacre dos inocentes. Isso porque, muito provavelmente Jesus teria 2 anos nesta época, e não nascido. Outro fato histórico muito importante também foi o censo feito por Augusto, por volta do ano 7 ou 6.
Através dessas referências históricas entendemos que o dia do nascimento de Cristo pode tee sido por volta do ano 5 a 7.

O natal tradicional como conhecemos em referência ao nascimento de Cristo, começou a ser comemorado no dia 25 de dezembro depois de 336 a.C. Antes disso, a data era  tida como um solstício de inverno. Era uma comemoração pagã referente ao nascimento do sol, coincidentemente comemorado próximo a data de celebração de uma festa chamada saturnalia. Festa essa que celebrava o momento em que o sol começava a seguir para o norte. Nessa comemoração as casas eram adornadas com enfeites e árvores, e as pessoas davam presentes umas as outras, organizavam ceias e procissões, justamente pelo sol estar voltando ao sua posição mais alta.

Assim, pelo fato dos primeiros cristãos naturalmente comemorarem esse feriado, a igreja resolveu transformar essa festa pagã em uma celebração cristã. Dessa forma 25 de dezembro começou a ser o símbolo do nascimento de Jesus Cristo. No entanto, no mundo Oriental, o nascimento de Cristo a princípio  era comemorado no dia 6 de janeiro, data essa que estava associada a estrela de Belém.

No ano 194 d.C., foi proposto uma nova data para esta comemoração por Clemente de Alexandria, o qual a transferiu para o dia 19 de novembro do ano 3 a.C. Outros a viam em 30 de maio ou mesmo 19 e 20 de abril. Muito mais tarde, no ano de 214 d.C., foi proposto uma nova data por Epifânio: 20 de maio. 

Na visão da astrologia tradicional, há um forte indicativo de que o dia do nascimento tenha sido em 22 de agosto, num sábado do ano 7 a.C. É importante salientar que o calendário judeu começa justamente no pôr do sol, dessa forma se levarmos em conta que Cristo nasceu após o pôr do sol, entenderemos que seu nascimento se deu muito provavelmente em 21 de agosto do ano 7 a.C.

Então como fica tudo isso em relação a celebração por parte de cristãos? Não há dúvidas de que muita gente alega que comemorar o natal é o mesmo que participar de uma festa pagã, o que ao meu ver é um completo equívoco. Se lavarmos em consideração que a própria história não consegue determinar uma data exata para este acontecimento, o que dirá aqueles que por inúmeras alegações refutam a comemoração. Então o que está em questão não é a data em si, mas a maneira e propósito da comemoração feita nela. 

Hora, se entendermos que natal significa nascimento e, portanto, o nascimento de Cristo, compreenderemos que é um tempo de renovo, esperança, bondade e paz. Então o dia em que ele nasceu já não importa, pois ele mesmo sabe que depois de muitas gerações é difícil lidar com registros antigos. Nessa visão aqueles que de boa fé e com um coração realmente voltado ao verdadeiro espírito do natal o comemoram, não cometem erro algum, mas vivenciam em suas mentes e corações o dia do nascimento de Cristo. As pessoas hoje em dia se prendem a coisas superficiais como datas, dogmas e costumes. Isso nada mais é do que uma espécie de legalismo, que é baseado na crença de que o cumprimento de regras torna o indivíduo merecedor do favor e da salvação divina.

Em relação a isso não eu, mas a própria Bíblia nos informa:

Agora, entretanto, que já conheceis a Deus, ou melhor, sendo conhecidos por Ele, como é que podeis pensar em retroceder a esses princípios insignificantes, fracos e pobres, aos quais de novo desejais servir? Guardais dias, meses, tempos e anos.

Há quem considere um dia mais sagrado do que outro; outra pessoa pode entender que todos os dias são iguais. Cada um deve estar absolutamente convicto em sua própria mente. 
Romanos 14:5

Portanto, ninguém tem o direito de vos julgar pelo que comeis, ou pelo que bebeis, ou ainda com relação a alguma festa religiosa, celebração das luas novas ou dos dias de sábado.






16 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigado meu amigo, fico feliz que tenha gostado, feliz natal para vc e toda a sua família!

      Excluir
  2. Excelente,compartilho da mesma linha de pensamento, as pessoas buscam meios de obter contendas ao invés de buscarem a plenitude, a paz e se apegam a dogmas que em nada edifica. Parabéns pela postagem .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Shirley Almeida, muito obrigada! Fico feliz em saber que a mensagem do post tenha transparente a todos vcs. Um forte abraço e seja sempre bem-vinda!

      Excluir
    2. Excelente este site, super informativo. Parabéns , irei compartilhar 🙏 eu que agradeço sua postagem.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Muito obrigado! Fico feliz que compartilhamos da mesma ideia! Um forte abraço e seja sempre bem-vindo!

      Excluir
  4. Muito bem explicado e explanado o assunto; obrigado por compartilhar o seu conhecimento conosco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que achou dessa forma! Fico feliz em saber que o post foi de fácil assimilação a todos vcs! Não há o que agradecer, é sempre um prazer compartilha-los com vcs, um forte abraço e volte sempre!

      Excluir
  5. Verdade, concordo plenamente, é muito triste,as pessoas se alimentar de forma exagerada,pura glutonaria se imbreaga, não pensando naqueles que não tem nada pra se alimentar comemorando uma festa pagã,pensa que está comemorando o aniversário do salvador.

    ResponderExcluir
  6. Muito bom o seu relato meu amigo!!!
    Parabéns!!!
    Não sei se todo mundo reparou na foto,mais,tem um crucifixo de Cristo pendurado ali atrás
    ,bem no dia do seu nascimento!
    Alguém notou isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado você por deixar seu comentário aqui! Sim, há de fato um crucifixo!

      Excluir
  7. O que dizer você sempre nos surpreende com sua sabedoria valeu meu amigo ♡ ♡ ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vocês são os responsáveis por isso: Obrigado por me inspirarem! Seja sempre bem-vindo!

      Excluir
  8. Excelente postagem! Concordo plenamente!

    ResponderExcluir

Total de visualizações

Siga-me nas redes Sociais

Sobre mim

Minha foto
Sou historiador, artista conceitual, escritor e compositor. Um homem apaixonado pelo conhecimento que se sente feliz em poder propaga-lo através de criações artísticas e audiovisuais.

Siga meu blog

Meus outros blogs

Índice das Postagens

Meu canal

Postagem mais recente

Gigantes de silício, o que penso a respeito?

A verdade é que não gosto de me intrometer na opinião das pessoas mesmo referente a assuntos históricos e arqueológicos, que são as áre...

Conheça meu Livro

Adquira a sua

Conheça minhas estampas

The Giant's Well Standard T-Shirt Front

Conheça minhas estampas

Postagens mais visitadas

Conheça minhas estampas

Conheça minhas estampas

Atlântida reino dos gigantes

Baixe o livro de graça
kadumago. Tecnologia do Blogger.

Política de Privacidade

Termos e Serviço

Denunciar abuso